NDE – Núcleo Docente Estruturante

Portaria 066 designa repres NDE graduação nutrição

O Parecer da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (CONAES) n° 4, de 17 de junho de 2010, sobre o Núcleo Docente Estruturante – NDE, no décimo parágrafo destaca: Constitui-se num grupo permanente de professores, com atribuições de formulação e acompanhamento do curso. Para isso, é necessário que o núcleo seja atuante no processo de concepção, consolidação e contínua atualização do projeto pedagógico do curso, e que esteja formalmente indicado pela instituição. Deve ser constituído por pelo menos 5 (cinco) professores pertencentes ao corpo docente do curso, com liderança acadêmica e presença efetiva no seu desenvolvimento, percebidas na produção de conhecimentos na área, no desenvolvimento do ensino, e em outras dimensões entendidas como importantes pela instituição. Tal descrição está de acordo com a concepção do curso, uma vez que o NDE deve ser sim constituído por docentes do curso, mas, não necessariamente, membros do Colegiado de Curso, permitindo assim o envolvimento de todos os sujeitos no processo de construção. A Comissão de Acompanhamento do Currículo do Curso de Graduação em Nutrição passou a ser denominada de Núcleo Docente Estruturante do Curso de Graduação em Nutrição, obedecendo a Resolução n° 01, de 17 de junho de 2010 da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior e a Portaria N° 233, de 25 de agosto de 2010 da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina. O NDE do Curso de Nutrição mantém sua composição original, conforme a concepção do projeto político pedagógico do Curso e a implementação da matriz curricular que viabiliza a sua efetividade. Portanto, o NDE é constituído por: Coordenador e Subcoordenador do Curso de Nutrição, Coordenadores de fase, Representante da chefia do Departamento de Nutrição, Tutor do PET-Saúde da Família e representantes das áreas de conhecimentos específicos (Nutrição em Saúde Pública, Nutrição Básica, Gestão em Unidades de Alimentação e Nutrição Clínica). O trabalho do NDE exige articulações internas com professores da nutrição e de outros departamentos e também com os gestores e nutricionistas das secretarias municipais de saúde e de educação. Os meses de julho e os de fevereiro são os períodos que exigem reuniões contínuas desta comissão em conjunto com o Coordenador de fase e os demais professores ministrantes (na nutrição são cerca de 8 professores por disciplina, em função das atividades práticas na rede de saúde). Adicionalmente, o NDE do Curso de Graduação em Nutrição reúne-se mensalmente para discussão, reflexão e formulação de propostas para vivificar o projeto pedagógico nos espaços que o constitui (universidade e os territórios que são o lócus para os cenários de prática instituídos pelos profissionais da rede de saúde para nossa atuação). Cabe reforçar que as ações do NDE também são subsidiadas pela Comissão Própria de Avalição (CPA – www.cpa.ufsc.br).